acessibilidade

Início do conteúdo da página

Abril
17
2020

Profissionais ligados à UFGD oferecem atendimento individualizado para melhorar relações familiares

  Atualizada: 17/04/2020

Equipe multidisciplinar vai dar dicas e sugestões para famílias com crianças e adolescentes, por meio de textos e vídeos

Famílias que estão tendo dificuldades de relacionamento, especificamente entre adultos e adolescentes ou crianças, podem contar com a ajuda de profissionais ligados à UFGD neste momento de pandemia. Estudantes da pós-graduação e egressos de diferentes cursos formaram um grupo de atendimento chamado “Psi em Casa”, cujo trabalho é oferecer orientações e dicas voltadas às necessidades de cada grupo familiar.

“Sabemos que o isolamento pode causar sentimentos e angústias em todas as pessoas, principalmente em crianças e adolescentes, provocando conflitos nas relações familiares. Neste sentido, buscaremos oferecer orientações necessárias, como por exemplo: diálogos que abarquem o desenvolvimento da criança e do adolescente de acordo com a idade apresentada; sugestão de rotinas; construção de momentos em que as/os responsáveis possam dialogar com as crianças em relação as suas incertezas e angústias e, por fim, propostas de atividades de acordo com a demanda apresentada e que visem auxiliar no desenvolvimento do processo de aprendizagem das crianças e dos adolescentes”, explica Suéllen Altrão, mestranda em Psicologia na UFGD e uma das psicólogas da equipe do "Psi em Casa".

As famílias interessadas devem preencher um formulário on-line. Em seguida, psicólogos analisarão as dificuldades e as necessidades apresentadas e poderão solicitar atividades específicas a outros membros da equipe, composta por educadores, artistas e outros profissionais. “Contamos com profissionais das áreas de educação, jurídica e de tecnologia, que contribuem com aportes teóricos e metodológicos, através de materiais, atividades, reflexões e informações para embasar e complementar a rotina das crianças e dos adolescentes”, conta Suéllen.

A partir das respostas do questionário, o grupo elabora ações específicas para cada família, com o objetivo de auxiliar na melhoria da convivência em casa neste período. As respostas são enviadas ao grupo familiar em forma de vídeos e textos. “Estamos buscando neste projeto atender as necessidades e os interesses de mães, de pais e de responsáveis quanto às vivências experienciadas durante o isolamento social com crianças e adolescentes, sempre respeitando as condições históricas, culturais e sociais construídas no ambiente doméstico de cada família”.

O roteiro de perguntas está disponível na plataforma de questionários on-line Google Forms: https://forms.gle/Wu2AQjGc42QCaDGM9. Os familiares interessados também podem entrar em contato com a equipe do projeto pelo telefone (67) 99108-4047 ou pela página do Facebook intitulada “Psi em Casa”: https://www.facebook.com/psiemcasa/?modal=admin_todo_tour.

Jornalismo ACS/UFGD
 

Psi em Casa

Projeto oferece atendimento on-line a famílias durante o período de isolamento social
 

 




    Fotos