Ministério da Educação
Você está aqui: Página Inicial Notícias UFGD quer assistência estudantil para além do auxílio financeiro
 

20/10/2011

UFGD quer assistência estudantil para além do auxílio financeiro

Mesmo reconhecendo a importância que o auxílio financeiro representa para a permanência dos alunos na Universidade, a coordenadora especial de Assuntos Estudantis da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), Ceres Moraes, ressaltou a necessidade de buscar um significado maior para a assistência, durante sua fala de abertura no IV Seminário de Assuntos Estudantis, realizado hoje (20) no auditório da Unidade II.

 

Seria preciso avançar para além do auxílio financeiro, incentivando a cultura, a prática esportiva e participação em eventos científicos ou como o Seminário de Assuntos Estudantis, que discute situações do cotidiano de forma ampla e franca, com convidados de fora e também com professores e ex-alunos da instituição, valorizando a UFGD.

“Queremos que os estudantes percebam melhor as relações sociais e seu papel na sociedade. O objetivo da universidade é oferecer formação com excelência na qualidade técnica, mas também formar excelentes cidadãos, profissionais que vão dirigir o país de maneira mais consciente para construir uma sociedade mais justa e melhor do que a de hoje”, afirmou Ceres Moraes.

Por meio da Coordenadoria Especial de Assuntos Estudantis, a UFGD oferece Bolsa Permanência, Auxílio Alimentação, Programa de Apoio Pedagógico com aulas de reforço em Matemática, Língua Portuguesa e Informática, bolsas para aulas de Inglês e Espanhol no Centro de Línguas da UFGD, Programa de Auxílio para Participação em Eventos, além de programas de acompanhamento psicológico, promoção da saúde e acessibilidade.

Também criou estruturas como o Restaurante Universitário, onde os acadêmicos têm acesso a refeições com custo pela metade, já que a universidade subsidia 50% do valor da refeição, a Moradia Estudantil que está em construção e atenderá 96 alunos no primeiro prédio, e o Centro de Educação Infantil (CEIN) que atenderá na maioria das vagas os filhos das estudantes, mas que por enquanto aguarda a parceria com a Prefeitura Municipal para entrar em funcionamento.

REPERCUSSÃO

Ao celebrar a conquista em realizar a quarta edição do Seminário, a coordenadora Ceres Moraes contou que é grande a repercussão da experiência de assistência estudantil da UFGD e, especialmente, o Seminário, nos eventos nacionais em que participa, com muitos educadores solicitando o projeto do evento, para que possam promover algo parecido nas suas instituições.

EXPANSÃO

A solenidade de abertura contou ainda com os discursos do reitor da UFGD, Damião Duque de Farias, do coordenador-geral do DCE (Diretório Central de Estudantes), Josué de Brito Quadros, e do servidor Fabiano Coelho, representando a organização do Seminário.

Para Josué de Brito Quadros, debater o tema do Seminário “Diversidade ela faz parte de nós” é relevante pelo momento de expansão e ingresso de novos alunos por que passa a UFGD. De acordo com o coordenador do DCE, são jovens com características diversas, uns dos movimentos sociais, outros do movimento LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), outros de banda ou de torcida, todos diferentes. O interessante em discutir isso agora estaria na colaboração de que cada estudante para o desenvolvimento da UFGD no processo de expansão.

Então, Josué citou a classificação da UFGD como segunda melhor da região Centro-Oeste e disse que basta a iniciativa dos estudantes em querer que a universidade esteja em primeiro lugar para que essa conquista seja alcançada. Inclusive lembrou o trecho do texto de Mário Quintana, em Das Utopias: “Se as coisas são inatingíveis... ora! /Não é motivo para não querê-las... / Que tristes os caminhos, se não fora / A presença distante das estrelas!”.

DIVERSIDADE

Em nome da organização do Seminário, Fabiano Coelho agradeceu a todos os envolvidos na realização do evento, como a Assessoria de Comunicação Social da UFGD que foi parceira para viabilizar a vinda da trupe O Teatro Mágico para o show de encerramento no domingo, o apoio do DCE e dos grupos Dança SIM e Simbiose que estarão nas apresentações culturais que antecedem a programação e, principalmente, a equipe da Coordenadoria Especial de Assuntos Estudantis (COAE) que se “desdobrou” em um esforço coletivo para organizar o Seminário.

Fabiano desejou que os alunos gostassem da programação e saíssem de cada atividade com reflexões sobre a temática, para que pudessem reconhecer, respeitar e valorizar a diversidade. Contou ainda da preocupação que tiveram em não “estancar” o conceito de diversidade, evitando que fosse possível categorizar e dizer que isso ou aquilo era diversidade, o que poderia reforçar os estereótipos e legitimar a desigualdade.

DANÇA SIM

Ainda na manhã de hoje (20), após a apresentação cultural do Coletivo Dança SIM, Flávia Denes e Joyce dos Santos Marques falaram sobre o grupo, formado por bailarinos e não-bailarinos. Os objetivos seriam fortalecer a dança contemporânea em Dourados e provocar a imaginação das pessoas por meio das coreografias, ao invés de entregar a mensagem pronta. Nesse sentido só informaram depois do término da dança que a coreografia era uma referência a Usina Velha, com movimentos que representaram suas várias fases: construção, funcionamento, ruínas e a vontade de transformá-la em espaço cultural, para preservar o patrimônio que está mal cuidado.

SOBRE O EVENTO

O IV Seminário de Assuntos Estudantis prossegue com programação amanhã (21), com palestras, mesas redondas e discussões com pesquisadores, docentes, técnicos e estudantes sobre o tema. O encerramento será no dia 23, com o show da banda O teatro Mágico, às 19h, no Parque dos Ipês. A entrada é franca.

Informações sobre o IV Seminário de Assuntos Estudantis da COAE/UFGD pelo telefone: 3410-2734 / 2736.

Fotos em:

https://picasaweb.google.com/101733558667986673449/IVSeminarioDeAssuntosEstudantis?authkey=Gv1sRgCK22rczdgp-JEw

Ações do documento

UFGD - Unidade 1

Rua João Rosa Góes, 1761 - Vila Progresso. Caixa Postal 322 - CEP: 79.825-070

Telefone: (67) 3410-2002


UFGD - Unidade 2

Rodovia Dourados - Itahum, Km 12 - Cidade Universitária. Caixa Postal 533 - CEP: 79.804-970

Telefone: (67) 3410-2500


Dourados - Mato Grosso do Sul - Brasil


Todos os direitos reservados