Ministério da Educação
Você está aqui: Página Inicial Notícias Professoras da Licenciatura Indígena da UFGD escrevem sobre jogos e as possibilidades para a Educação
 

29/12/2010

Professoras da Licenciatura Indígena da UFGD escrevem sobre jogos e as possibilidades para a Educação

As professoras da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Marina Vinha e Maria Aparecida Rezende, publicaram respectivamente os capítulos “Jogo de tabuleiro como prática educativa intercultural” e “Oficina de alfabetização para professores Xavante da Terra Indígena Pimentel Barbosa” no livro “Jogos e Culturas Indígenas: Possibilidades para a Educação Intercultural nas Escolas”.

Esse livro foi publicado pela editora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e faz parte do projeto “Jogos Indígenas e Educação: Produção Material Educativo Sobre os Jogos dos Povos Indígenas do Brasil”, desenvolvido com a Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), por meio do Núcleo de Estudos sobre Corpo, Educação e Cultura (COEDUC) - Rede CEDES/SNDEL (Secretaria Nacional de Desenvolvimento de Esporte e de Lazer).

De acordo com a apresentação da obra, o material é uma coletânea de sete capítulos que traz saberes e práticas tradicionais de mais de vinte grupos indígenas, sendo que a maioria dos jogos são descritos por professores indígenas, alguns como co-autores dos capítulos, que fizeram suas formações acadêmicas no Mato Grosso, no Acre, no Amazonas e no Mato Grosso do Sul.

Os jogos são formas lúdicas de educar, de formar o corpo, ou seja, a pessoa em sua totalidade. Desta forma, a obra é um material didático primoroso para o trabalho com a temática indígena na escola, mas também para que, nas escolas indígenas de todo o Brasil, os professores indígenas possam recorrer aos saberes e práticas de outros povos para promover a Educação Intercultural.

SOBRE OS CAPÍTULOS

No prefácio da cientista social Antonella Tassinari, professora da Universidade Federal de Santa Catarina e coordenadora do Núcleo de Estudos de Povos Indígenas, cada artigo recebe um breve comentário.

“Jogo de tabuleiro como prática educativa intercultural”, da professora e coordenadora do curso de Licenciatura Indígena da UFGD, Marina Vinha, é o primeiro texto do livro e da mesma forma que o segundo, de Artemis de Araújo Soares (UFAM), explora as variedades de um mesmo tipo de jogo encontradas em diferentes culturas (indígenas e não-indígenas) e comparadas com sua variante encontrada em uma etnia específica, um tratando dos jogos de tabuleiro dos Kadiwéu/MS e o outro sobre os jogos com bolinhas de gude dos Baré/AM.

Sobre “Oficina de alfabetização para professores Xavante da Terra Indígena Pimentel Barbosa”, da professora do curso de Licenciatura Indígena da UFGD, Maria Aparecida Rezende em parceria com Frans Leeuwenberg (analista ecológico) e Luiz Augusto Passos (UFMT), o prefácio de Antonella Tassinari informa que são descritas alternativas didáticas propostas aos professores Xavante/MT em oficinas de alfabetização, como a confecção de vários tipos de jogos utilizando as letras do alfabeto xavante e os dados de pesquisa sobre as batatas cultivadas ou recolhidas pelas mulheres xavante: bingo de letras, jogos de cartas, jogos de memória. Esse artigo e o de João Luiz da Costa Barros, sobre os Sateré-Mawé/AM, comungam do reconhecimento de que as atividades lúdicas propiciam aprendizagens de regras sociais e valores culturais.

ACESSE O LIVRO AQUI: http://www.unemat.br/pesquisa/coeduc/?link=livro9

 

Mais informações

Núcleo de Estudos sobre Corpo, Educação e Cultura COEDUC do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNEMAT

O COEDUC, grupo de estudos que investiga as relações entre corpo, educação e cultura, busca por meio de projetos de pesquisa e extensão contribuir para uma Educação Intercultural, ou seja, para o reconhecimento e a valorização da diversidade étnica e cultural brasileira, a partir de suas práticas corporais - jogos, dança, e outras manifestações da cultura popular e das culturas indígenas que expressam as identidades coletivas e individuais dos brasileiros. Com dois projetos financiados pelo Ministério do Esporte, vinculou-se a Rede de Pesquisa Nacional - Rede CEDES - e produziu três livros que estão disponíveis no site do grupo, na Universidade do Estado de Mato Grosso http://www.unemat.br/pesquisa/coeduc/

 

Ações do documento

UFGD - Unidade 1

Rua João Rosa Góes, 1761 - Vila Progresso. Caixa Postal 322 - CEP: 79.825-070

Telefone: (67) 3410-2002


UFGD - Unidade 2

Rodovia Dourados - Itahum, Km 12 - Cidade Universitária. Caixa Postal 533 - CEP: 79.804-970

Telefone: (67) 3410-2500


Dourados - Mato Grosso do Sul - Brasil


Todos os direitos reservados