Ministério da Educação
Você está aqui: Página Inicial Faculdade de Ciências Humanas PPGAnt
 

Faculdade de Ciências Humanas

Ir para a página

PPGAnt

O PPGAnt - Programa de Pós-Graduação em Antropologia, nível Mestrado, aprovado pela CAPES em 2010 com conceito 3, possui área de concentração em Antropologia Sociocultural e três linhas de pesquisa, a saber: 1) Etnicidade, Diversidade e Fronteiras; 2) Etnologia, Educação Indígena e Interculturalidade; 3) Arqueologia, Etno-história e Patrimônio Cultural. A duração mínima para a conclusão do Mestrado é de 18 e a máxima de 30 meses. Cada crédito cursado no PPGAnt equivale a 15 horas/aula e o número de créditos exigidos para o Mestrado é de no mínimo 40 créditos, assim distribuídos: 12 para disciplinas obrigatórias (Teoria Antropológica I, Teoria Antropológica II e Metodologia de Pesquisa Antropológica), 14 para disciplinas optativas e 14 para a dissertação de mestrado. No que se refere ao tempo de dedicação ao curso, sugere-se que os/as mestrandos/as sem bolsa de estudo tenham tempo integral dedicado ao PPGAnt. Alunos/as com bolsa de estudos deverão residir em Dourados e ter dedicação exclusiva ao PPGAnt durante a vigência da mesma, além de defenderem a dissertação de mestrado em até 24 meses (cf. Portaria nº. 76 da CAPES, de 19/04/2010, sobre a regulamentação das Bolsas de Demanda Social). O processo seletivo para ingresso de novas turmas de mestrandos/as, para o qual graduados/as em qualquer área do conhecimento (brasileiros/as e estrangeiros/as) estão aptos/as a participar, geralmente ocorre no segundo semestre letivo de cada ano, e é neste link que informações sobre o assunto são divulgadas previamente. Exige-se ainda dos/as discentes (regulares e especiais) a capacidade para leitura de textos em línguas estrangeiras, sobretudo inglês, francês e espanhol. O PPGAnt não dispõe de bolsas de estudos para todos os/as alunos/as e por isso orienta-lhes a pleitearem bolsas em agências de fomento, como CNPq, CAPES e Fundect, para o qual orientadores/as e co-orientadores/as estarão à disposição. No caso de alunos/as regulares estrangeiros/as, a Coordenadoria do PPGAnt envidará todos os esforços possíveis para viabilizar as condições necessárias para sua permanência no curso, desde o início até a conclusão do mestrado.

PPGAnt


INFORMAÇÕES DA COORDENADORIA DO PPGAnt

 

 

2. NORMAS PARA O ACÚMULO, POR PARTE DE DISCENTES DO PPGAnt, DO VALOR DA BOLSA DE DEMANDA SOCIAL DA CAPES OU DE OUTRA AGÊNCIA DE FOMENTO COM ALGUMA ATIVIDADE REMUNERADA


RESOLUÇÃO PPGAnt/UFGD Nº. 15, de 24 de maio de 2012.
 
O COORDENADOR DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA, da Universidade Federal da Grande Dourados, no uso de suas atribuições legais e em conformidade com deliberações tomadas por unanimidade na reunião ordinária realizada no dia 18/05/2012, resolve:
 
Manifestar-se favoravelmente à constituição de normas para o acúmulo, por parte de discentes, do valor da bolsa de demanda social da CAPES ou de outra agência pública de fomento com alguma atividade remunerada, nos seguintes termos:
 
1) O/a bolsista interessado/a em acumular o valor da bolsa de demanda social com alguma atividade remunerada deverá encaminhar, dentro de um prazo mínimo de 15 dias e antes da assinatura de qualquer contrato que configure vínculo empregatício, um requerimento formal para esta finalidade à Presidência da Comissão de Seleção e Acompanhamento de Bolsistas do PPGAnt.
 
2) O/a bolsista que encaminhar requerimento à Presidência da Comissão de Seleção e Acompanhamento de Bolsistas do PPGAnt, com o propósito de solicitar autorização para acumular o valor da bolsa de demanda social com alguma atividade remunerada, deverá o fazer juntamente com a anuência formal do/a orientador/a, bem como o envio de cópia da documentação necessária para esta finalidade (edital de concurso, valor a receber, carga horária semanal, prazo de vigência do contrato de trabalho etc.).
 
3) O/a bolsista somente poderá acumular alguma atividade remunerada com o valor da bolsa de demanda social após o cumprimento dos 26 (vinte e seis) créditos necessários em termos de disciplinas obrigatórias e optativas exigidas para o curso de Mestrado em Antropologia do PPGAnt.
 
4) O/a bolsista poderá acumular até 20 horas semanais de atividade remunerada juntamente com o recebimento da bolsa de demanda social, desde que tenha sido selecionado/a para atuar como professor/a substituto/a em instituições públicas de ensino superior, em conformidade com o Art. 9º da Portaria CAPES nº. 76, de 14/04/2010, e demais normativas referentes ao assunto.
 
5) O/a bolsista que tiver autorização para o acúmulo do valor da bolsa de demanda social com alguma atividade remunerada deverá cumprir o cronograma de atividades discentes, sobretudo em termos de prazos para qualificação e defesa da dissertação de mestrado, bem como a produção intelectual exigida para esta finalidade e demais obrigações estabelecidas na Portaria CAPES nº. 76, de 14/04/2010.
 
6) O/a bolsista que descumprir as normativas aqui estabelecidas terá sua bolsa de demanda social cancelada, com imediata substituição por outro/a aluno/a do PPGAnt, em conformidade com o Art. 14 da Portaria CAPES nº. 76, de 14/04/2010, e eventuais restituições financeiras estabelecidas na forma da lei.
 
Prof. Dr. Jorge Eremites de Oliveira
Coordenador do PPGAnt
 
 
 
3. NORMAS PARA O CREDENCIAMENTO DE DOCENTES AO QUADRO DO PPGAnt
 
Por meio da Resolução Nº. 32, de 12/09/2011, a Coordenadoria do PPGAnt estabeleceu normas para a apreciação do pedido de credenciamento de docentes ao quadro permanente ou colaborador do PPGAnt, com ingresso a partir de 2012, da seguinte forma:
 
1) que o/a docente interessado/a encaminhe um documento à Coordenadoria do PPGAnt manifestando seu interesse em fazer parte do quadro de docentes permanentes ou de colaboradores, juntamente com uma cópia impressa de seu Currículo Lattes atualizado e a indicação de uma ou mais linhas de pesquisa com que possui afinidade;
 
2) que tenha produção científica exigida pela CAPES para este propósito, sobretudo nos últimos doze meses, a contar da data de encaminhamento do referido documento, tendo sua produção afinidade com uma ou mais linhas de pesquisa do PPGAnt;
 
3) que esteja de acordo com o projeto do PPGAnt para a área de Antropologia/Arqueologia no âmbito da UFGD e de Mato Grosso do Sul, inclusive no que se refere à defesa da criação de uma graduação em Antropologia/Arqueologia na universidade, nos moldes da que existe em instituições como a UFMG e UFPel;
 
4) que caso não seja oriundo dos campos clássicos da Antropologia (Antropologia Sociocultural, Arqueologia, Bioantropologia e Antropologia Linguística), que dê prioridade a um deles para seu estágio de pós-doutorado.
 
 
 
4. ALUNO/A ESPECIAL DO PPGAnt

 

 Se você não teve um consistente contato com a ciência antropológica e/ou seus campos clássicos durante a graduação, e tem interesse em fazer o curso de mestrado do PPGAnt, a Coordenadoria orienta-lhe primeiramente a cursar disciplinas relativas à antropologia e áreas afins no curso de graduação em Ciências Sociais da UFGD. São matérias ministradas por antropólogos e arqueólogos experientes que lhe ajudarão na preparação para o processo seletivo para ingresso de novos/as mestrandos/as do PPGAnt. Do contrário, se teve contato com a antropologia durante a graduação ou mesmo com a arqueologia e outros campos afins, e isso se deu por meio de profissionais reconhecidos para o exercício dessas profissões, você poderá cursar até 10 créditos em disciplinas do PPGAnt, sendo até 4 créditos por semestre. Todavia, o aceite para cursar créditos como aluno/a especial depende, principalmente, da aprovação do docente responsável pela disciplina. Além disso, vale lembrar que muitos dos textos obrigatórios em disciplinas do PPGAnt estão em línguas estrangeiras, como inglês, francês e espanhol. Portanto, o não domínio dessas línguas para a leitura de textos inviabilizará a conclusão com sucesso da disciplina matriculada no PPGAnt.

 

No caso de candidatos/as a alunos/as especiais, os pedidos deverão ser endereçados diretamente aos/às docentes responsáveis pelas disciplinas, em período a ser informado neste espaço, mediante apresentação e entrega dos seguintes documentos à Secretaria de Pós-Graduação da FCH/UFGD:

1) carta destinada ao(s/às) docente(s) responsável(is) pela disciplina, na qual deve constar as razões da candidatura, a disponibilidade de tempo para cursá-la e a capacidade de leitura de textos em línguas estrangeiras (inglês, francês e espanhol);

 

2) cópia impressa do curriculum vitae atualizado, disponível na Plataforma Lattes do CNPq;

 

3) cópia de RG, CPF e comprovante de conclusão de curso de graduação. Em caso de ser aceito/a para cursar disciplina, a Secretaria do PPGAnt informará aos/às candidatos/as sobre todos os documentos necessários para fazer a matrícula, para os quais poderão ser exigidos fotocópias autenticadas em cartório, mediante pagamento de taxa cujo valor é estabelecido pela UFGD. Alunos/as regulares de outros programas de pós-graduação da UFGD terão prioridade nesse processo e estarão isentos do pagamento desta taxa.

 
Ações do documento

UFGD - Unidade 1

Rua João Rosa Góes, 1761 - Vila Progresso. Caixa Postal 322 - CEP: 79.825-070

Telefone: (67) 3410-2002


UFGD - Unidade 2

Rodovia Dourados - Itahum, Km 12 - Cidade Universitária. Caixa Postal 533 - CEP: 79.804-970

Telefone: (67) 3410-2500


Dourados - Mato Grosso do Sul - Brasil


Todos os direitos reservados